12 março 2011

PORQUE SER BATIZADO NAS ÁGUAS?

BATISMO NAS ÁGUAS

       Existem duas ordenanças divinas na Bíblia que vamos tratar nestes dias: O BATISMO NAS ÁGUAS E CEIA DO SENHOR OU SANTA CEIA.

       Hoje vamos falar sobre o batismo nas águas, vamos ver tipos de batismo, significados e por que devo me batizar.

       O batismo foi uma ordenança de Deus para João Batista, conforme ele declarou em João 1:29-34, também depois que Jesus ressuscitou apareceu aos seus discípulos no monte junto ao mar de Galiléia para dar as últimas instruções e uma delas foi o batismo nas águas, Mt. 28:19; este “ide” não é um pedido e nem um convite, mas uma ordem!

1º)SIGNIFICADO BÍBLICO DO BATISMO:

Existem oito significados bíblicos para o batismo:

1. Arrependimento: Arrepender-se, segundo a cultura contemporânea, significa sentir tristeza profunda, vergonha de uma ou mais atitudes ou palavras ditas, ou até mesmo de algo que poderia ter sido feito e não foi. Etimologicamente, vem da palavra grega metanoian, que significa mudar a maneira de pensar, mudar de atitude, mudar de direção (meta: direção, noian: mudança). Biblicamente, arrependimento é contrição profunda que necessariamente leva o arrependido a mudança de vida, em na mais cometer o ato de que se arrependeu. Arrependimento era o tema central da mensagem de João Batista: “Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus”, Mt. 3:2. Era também o centro da mensagem de Pedro: “arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome do Senhor Jesus Cristo, para perdão dos pecados”, At. 2:38; esta mensagem levou às águas do batismo, quase 3 mil almas em um só dia. Jesus iniciou sua pregação falando sobre arrependimento (Mt. 4:17) e em Lucas 13:2-5 Ele prossegue exortando a todos o arrependimento, dizendo que, se todos não se arrependessem, pereceriam.

2. Confissão: Em sentido amplo, confessar é declarar, revelar; em sentido restrito é declarar a culpa, assumir a autoria do delito, do pecado. Ambas aplicações nos são importantes: Devemos confessar para Jesus e também confessar Jesus.

• Confessar para Jesus: Temos que assumir a autoria dos nossos delitos através da confissão. Em Mt. 3:5 encontramos: “E iam ter com João os de Jerusalém e os da Judéia e eram batizados por ele no rio Jordão, confessando os seus pecados”. A confissão dos pecados deve ser feita a Jesus Cristo: “Pois se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo, para nos perdoar os pecados e purificar de toda injustiça” 1Jo. 1:9.

• Confessar Jesus: Confessar Jesus é revelar ao mundo que Jesus é o Salvador! É de suma importância, confessar que Jesus Cristo veio ao mundo em carne, 1Jo. 4:2, nasceu de uma virgem, Mt. 1:18, morreu pelos nossos pecados, 1Co. 15:3, ressuscitou ao terceiro dia, 1Co. 15:4, está vivo a direita de Deus intercedendo por nós, Rm. 8:34, e voltará para nos buscar, Jô. 14:2,3. Devemos confessa-Lo todos os momentos de nossas vidas(Mt. 10:32; Lc. 12:8; Ap. 3:5)

3. Morte: Morte é a perda completa e definitiva de todas as atividades da matéria, perda de todos os direitos, deixar de existir. A morte entrou na Terra quando o homem pecou, portanto como por um homem entrou o pecado e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos se tornaram pecadores, Rm. 5:12. Existem 4 tipos de morte: física(Hb. 9:27), espiritual (Rm. 3:23), eterna(Ap. 20:6) e para o mundo(Rm. (6:4 / João 12:24).

4. Sepultamento: Sepultar é o mesmo que enterrar, submergir, separar do mundo. Devemos nos lembrar que o ser humano tem duas naturezas: carnal e espiritual. A natureza carnal está voltada a carne, para o pecado(Gl. 5:19-21). Através do batismo, nós sepultamos a natureza carnal, pois não se pode sepultar alguém vivo, só morto, por isso, só se batiza quem já morreu para o mundo. Ler Rm. 6:4.

5. Lavagem: Lavar é separar por intermédio da água a parte útil das desejáveis, no batismo se imerge o batizando completamente separando-o assim totalmente para Jesus.

6. Remissão: Remir significa adquirir novamente, resgatar, tirar do cativeiro, indenizar. Remissão não é perdão. É importante entendermos a distinção entre uma e outra coisa. Quando um pecador reconhece o sacrifício remidor de Jesus Cristo no Calvário, ele é remido pelo sangue de Cristo, Mt. 26:28 e Hb. 9:22.

7. Perdão: Perdoar é cancelar a pena, deixar de castigar, significa, esquecer-se da dor da ofensa. Quando Deus nos perdoa, Ele esquece das nossas transgressões e nunca mais se lembra delas(Hb. 8:12). Quando estamos com mágoa de alguém e ficamos alimentando esta mágoa, quem sofre? Quem magoou ou quem foi magoado? Por isso devemos perdoar mesmo que o agressor não nos peça perdão, porque as vezes a pessoa que te feriu nem sabe que o fez.

8. Ressurreição: Quando uma pessoa morre, significa que a morte obteve vitória sobre a vida, mas quando ressuscita, significa que a vida triunfou a morte. Jesus morreu pelos nossos pecados, mas a vitória não está somente na sua morte, mas, sobretudo em sua ressurreição. Ler: 1 Co. 15:26, João 5:24, 2 Tm. 1:10, Rm. 6:5,9, 1 Co. 15:54, Ef. 2:6, Cl. 3:1, Rm. 8:11.

       Além do mandamento de fazer discípulos de todos os povos, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo, vemos, de modo implícito, em Mateus 28.19, que não devemos negligenciar a doutrina da Trindade. Pensar que ela pode ser negada sem maiores conseqüências é um grave erro. Quem rejeita a Trindade é contra a Bíblia; opõe-se ao próprio Senhor Jesus; nega a personalidade do Espírito Santo e opõe-se à teologia, rejeitando o plano da salvação – afinal, na obra salvífica, o Pai enviou o Filho, que consumou a obra recebida, e o Espírito Santo é quem convence o pecador dessa gloriosa salvação. Sejamos, pois, fiéis ao tríplice mandamento de evangelizar, fazer discípulos e batizá-los em nome da Trindade, a fim de que o Reino de Cristo verdadeiramente se estabeleça no Brasil e no mundo..

Um comentário:

  1. Obrigada pela orientação, que DEUS esteja sempre com você, agora compreendo mais ainda o significado do batismo nas águas, Amem.

    ResponderExcluir